sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Candidatos ao governo da Paraíba realizaram último debate antes do 2º turno

candidatosOs dois candidatos ao governo da Paraíba participaram, na noite desta quinta-feira (23), do debate realizado pelas TVs Cabo Branco e Paraíba. No encontro, os candidatos Ricardo  Coutinho (PSB) e Cássio Cunha Lima (PSDB) debateram temas como saúde, segurança pública, educação, saneamento básico e transposição do rio São Francisco. Este foi o último debate televisivo com os candidatos ao governo do Estado antes do segundo turno das Eleições 2014. 
O debate foi mediado pelo jornalista da Rede Globo José Raimundo.  Os internautas puderam participar pelas redes sociais usando a hashtag #DebatePB.
As regras foram previamente apresentadas para as equipes dos candidatos. O debate contou com três blocos, sendo um com tema livre, outro com tema determinado em sorteio e o último voltado para considerações finais.
No primeiro bloco Ricardo e Cássio fizeram perguntas entre si. Os candidatos tiveram 30 segundos para o questionamento, um minuto e meio para respostas, um minuto de réplica e mais um de tréplica.
Por ordem de sorteio, o primeiro bloco do debate foi aberto por Ricardo Coutinho, o candidato abriu o debate com uma pergunta sobre Educação. Em seguida Cunha Lima fez uma pergunta sobre segurança e combate às drogas.
Na sequência, o assunto debatido entre os candidatos foi a questão da água, esgotamento sanitário e Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). Ricardo Coutinho perguntou sobre privatização da estatal. Funcionalismo público e Saúde também foram abordados pelos candidatos durante o primeiro bloco.
No segundo bloco do debate, os candidatos responderam a perguntas com tema determinado por sorteio. O primeiro tema sorteado foi incentivo à indústria. O candidato Cássio Cunha Lima abriu o bloco perguntando sobre o tema escolhido. Ricardo Coutinho fez a segunda pergunta, cujo tema foi a situação da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). O tema autonomia da Universidade Estadual da  Paraíba (UEPB) foi o terceiro ponto abordado, o candidato Cássio Cunha Lima foi quem fez a pergunta sobre o tema. Na sequência, Ricardo Coutinho encerrou o segundo bloco perguntando para Cássio Cunha Lima sobre a transposição das águas do rio São Francisco.
O terceiro e último bloco foi destinado para que os candidatos fizessem suas considerações finais. O primeiro a falar por ordem definida previamente em sorteio foi Cássio Cunha Lima em seguida Ricardo Coutinho encerrou o bloco.
CONSIDERAÇÕES FINAIS DE CÁSSIO: Em suas considerações finais, o candidato Cássio Cunha Lima (PSDB) falou sobre os planos de governo para as áreas da Saúde, Educação, Mobilidade Urbana, Segurança Pública e inv).estimento nas indústrias. “Queria cumprimentar o senhor José Raimundo, agradecer à TV Cabo Branco e à TV Paraíba pela oportunidade. Agradecer a Deus por esse momento de reta final da campanha e agradecer a você, paraibano, que no estado inteiro nos trouxe uma campanha com emoção, com gana, com garra, com crença no futuro. Eu lamento profundamente que mais uma vez em mais um debate, o último desta campanha, ao invés de olhar para o futuro, vislumbrando o amanhã e o que está por vir, o atual governador, temendo discutir os reais problemas da Paraíba, tenta desqualificar a minha pessoa, que é uma prática política que ele tem há algum tempo. Mas vou olhar para o futuro, em respeito a você e em respeito a Paraíba. Apresentando propostas para que nós possamos transformar a realidade econômica do nosso estado. Ao lado de Aécio Neves, na presidência da república, temos uma chance histórica de trazer grandes investimentos industriais, mas grandes mesmo. De ter uma capacidade de transformar a nossa economia, como aconteceu na Bahia, no Ceará e em Pernambuco” , iniciou.
O tucano falou ainda sobre propostas para áreas como saúde e segurança. “Na Saúde vamos descentralizar o atendimento. Fazer com que os hospitais de pequeno porte que foram fechados, e muitos foram fechados na Paraíba inteira, sejam reabertos na parceria com o governo do estado. Além do mutirão da Saúde, para levar a saúde para mais perto das pessoas e as centrais de diagnóstico por imagem. Na educação vamos assegurar a volta da autonomia da UEPB e implementação do bolsa-trabalho para você que é estudante, jovem do ensino médio. Na segurança, polícia na rua. Aumentar o efetivo da PM e da Polícia Civil, que diminuiu de tamanho. Monitoramento por câmera com o programa ‘Olho Vivo’ e gestão integrada de segurança. Na mobilidade temos um grande projeto concebido pelo professor Nilton Pereira, junto com Luciano Agra, para transformar a mobilidade de Cabedelo, de João Pessoa, Santa Rita, Bayeux. E também olhar para Campina Grande”, acrescentou.
“Vamos fazer tudo isso com transparência, com dados abertos, para que possamos garantir ética, seriedade, zelo e honestidade no trato com o dinheiro público. Por isso que nesse encerramento, volto a agradecer a Deus e peço o seu voto. Peço sua confiança para que juntos nós possamos construir essa Paraíba melhor, com esse olhar voltado para o futuro e agarrando essa chance de ouro que temos de ter Aécio na presidência com a minha presença no governo do estado. Dois amigos irmãos, que vamos juntos transformar a nossa realidade econômica. À vitória”, finalizou Cássio Cunha Lima.
CONSIDERAÇÕES FINAIS DE RICARDO: Ricardo Coutinho (PSB) encerrou sua participação no debate dizendo vai fazer o melhor mandato da sua vida, lembrou sua passagem como governador do esatdo e falou sobre os projetos, caso eleito. “Muito obrigado a você, José Raimundo, obrigado a toda a Paraíba. Gostaria de citar Provérbios: quando o ímpio governa, o povo geme, quando o justo governa, o povo se alegra. A Paraíba conquistou, no meu governo, 2.400 quilômetros de estradas, 10 hospitais novos, três UPAs, sete escolas técnica estaduais. A Paraíba conquistou dignidade, a Paraíba conquistou respeito aqui dentro e lá fora, a Paraíba conquistou um governo sério, que muitas e muitas vezes ficou sem aliados porque não aceitou fazer o jogo desses aliados, o jogo de depredação do patrimônio público, do erário público. E eu faria tudo de novo, faria tudo de novo, porque eu sei que é o certo. Porque através desse certo eu consegui colocar os meus pés lá nos quilombolas, lá nas terras ciganas, lá na nação potiguara”, iniciou Ricardo.
Ainda nas considerações finais, o candidato à reeleição falou sobre sua passagem por cidades do interior.  “Eu consegui ser abraçado pelas comunidades da agricultura familiar, ser reconhecido pelo trabalho dos que mais necessitam. Eu consegui olhar para uma cidade como Coxixola, com 1.500 habitantes, olhar para pequenas cidades que eram esquecidas porque não tinham muitos eleitores. Foi através dessa percepção, mas também dessa coragem, de cortar privilégios de meia dúzia que mandavam aqui dentro e que o governante simplesmente, na batida do pé desses que tinham os privilégios, o governante corria rapidamente para fazer tudo aquilo que se queria. Não é à toa que você vê tantas transações nebulosas ocorridas numa época, numa época há seis, sete anos atrás. Eu quero reafirmar o meu compromisso com os princípios que sempre nortearam a minha vida, princípio com a ética, princípio com a participação popular e princípio com o desenvolvimento econômico, com inclusão social”, acrescentou.
“Eu quero dizer a vocês que a Paraíba vai experimentar um tempo importante com a continuidade desse projeto. Porque nós teremos Dilma na presidência, uma mulher gerreira, honesta, sincera, de luta e que deu continuidade ao grande mandato que o presidente Lula fez. E é em nome de tudo isso que eu estou aqui me comprometendo com vocês a governar cada vez melhor. Eu vou fazer o melhor mandato da minha vida. E que Deus abençoe a cada um de vocês e que Deus abençoe a Paraíba”, finalizou Ricardo Coutinho.
G1 PB

Alemanha mantém liderança no ranking da FIFA, Brasil segue em 6º

dungaEm novo ranking da FIFA, divulgado nesta quinta-feira (23), o Brasil  segue em sexto lugar com 1.307 pontos. A campeã do Mundo, a Alemanha, permanece na liderança, seguida por Argentina e Colômbia. A relação referente ao mês de outubro traz algumas novidades no chamado Top 10, como a Bélgica em quarto lugar superando a Holanda, a França ganhando duas posições e ficando em sétimo e Portugal, também dois degraus acima, entrando no grupo dos dez primeiros.
Confira os 10 primeiros colocados do ranking da FIFA em outubro:
1 – Alemanha (1.669 pontos)
2 – Argentina (1.565)
3 – Colômbia (1.420)
4 – Bélgica(1.388)   (+1)
5 – Holanda (1.375)   (-1)
6 – Brasil (1.307)
7 – França (1.191)   (+2)
8 – Uruguai (1.184)   (-1)
9 – Portugal (1.175)   (+2)
10 – Espanha (1.119)   (-2)

Termina hoje propaganda eleitoral no rádio e na televisão

A dois dias do segundo turno das eleições, termina nesta sexta-feira (24) a propaganda eleitoral gratuita veiculada no rádio e na televisão.
Também é a data limite para a divulgação paga de propaganda eleitoral na imprensa escrita e para a realização de debates. Nesse último caso, a transmissão não deve ultrapassar a meia-noite.
É nesta sexta-feira o último dia para que os presidentes das mesas comuniquem à Justiça Eleitoral que não receberam o material destinado à votação de domingo (26).

Carro de alto-falante ou amplificadores de som para divulgação de propaganda está permitido até sábado (25), véspera da votação, entre as 8h e as 22h.
A distribuição de material gráfico, a realização de caminhadas, passeatas e carreatas, além da divulgação de jingles ou mensagens dos candidatos podem ser feitas também até as 22h.

No segundo turno das eleições, neste domingo (26), cerca de 143 milhões de eleitores estão aptos a votar para presidente da República e governadores de 13 estados e do Distrito Federal.
Apesar do horário de verão nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a votação será feita das 8h às 17h, obedecendo o horário local.

Com o horário de verão, o Acre passou a ter três horas a menos em relação ao horário de Brasília. Por isso, a divulgação dos números das eleições para presidente da República começará às 20h (de Brasília).
Os resultados para governador nos 13 estados e no DF serão conhecidos logo após o encerramento da votação.
Fonte: Agência Brasil

Candidatos à Presidência terão o último debate antes do 2º turno hoje


A Globo promove nesta sexta-feira (24) o último debate do segundo turno entre os candidatos a presidente Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). O debate começa depois da novela "Império".

Como é o debate
Mediado pelo jornalista William Bonner, o debate será realizado no Projac, no Rio, e tem duração prevista de uma hora e 50 minutos. O regulamento foi definido com representantes dos candidatos e seguindo as regras da Justiça Eleitoral.

Serão quatro blocos: no primeiro e no terceiro, os candidatos farão perguntas um ao outro, com tema livre; no segundo e no quarto, as perguntas serão feitas por eleitores indecisos. O quarto bloco será destinado também às considerações finais dos presidenciáveis (leia mais).

Os indecisos serão selecionados em todos os estados pelo instituto de pesquisas Ibope. Cada eleitor indeciso vai elaborar previamente perguntas com temas de interesse nacional. As oito perguntas mais bem formuladas serão selecionadas pela produção do programa para serem feitas aos candidatos.

O cenário será uma arena, com o objetivo de facilitar a movimentação dos candidatos. Os eleitores indecisos estarão sentados em volta. Se algum candidato faltar, seu lugar permanecerá vazio com uma placa que o identifique pelo nome. Nos dois blocos de tema livre, o candidato presente poderá formular a pergunta que faria ao candidato que se ausentou. Nos outros blocos, todas as perguntas de eleitores indecisos serão respondidas apenas pelo candidato presente.

O debate da Globo ocorre no último dia em que irão ao ar os programas eleitorais do segundo turno. Na quinta, a Globo e as emissoras afiliadas promoveram debates entre candidatos a governador que disputam o segundo turno nos 13 estados e no Distrito Federal.

Programação
Os indecisos selecionados pelo Ibope serão levados a dois camarins e não terão contato com jornalistas, público convidado e assessores dos candidatos.

Haverá na arquibancada montada no estúdio lugares para 90 convidados dos presidenciáveis, além de cadeiras mais próximas para dois assessores diretos de cada um, que poderão falar com os candidatos nos intervalos. Também farão parte da plateia convidados dos dois candidatos e da Globo.

Durante o debate, Dilma e Aécio terão à disposição um púlpito para os confrontos diretos e poderão andar pelo cenário nos blocos em que forem questionados pelos indecisos.

Depois do debate, cada candidato concederá uma entrevista coletiva de dez minutos, com transmissão ao vivo pelo G1. Dilma será a primeira a falar com a imprensa, seguida de Aécio (a ordem das entrevistas foi definida em conjunto com representantes dos partidos).

Jornalistas de todo o país e do exterior acompanharão o debate em uma área à parte e poderão participar das entrevistas coletivas pós-debate.

G1

Juíza decreta Lei Seca em seis municípios, mas TJPB libera venda de bebidas no estado

Imagem Ilustrativa
A juíza da 31ª Zona Eleitoral, Isabelle Braga Guimarães de Melo, baixou portaria determinando Lei Seca no segundo turno das eleições, no próximo domingo (26), nos municípios de Pombal, Paulista, Cajazeirinhas, São Domingos, São Bentinho e Lagoa.

Apesar da decisão da juíza, os estabelecimentos comerciais que são vinculados à Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) poderão vender bebidas alcoólicas em todo o estado. Já prevendo eventual portaria a ser publicada pela Secretaria de Segurança do Estado e pela Justiça Eleitoral estabelecendo a Lei Seca, a Abrasel entrou na Justiça com um mandado de segurança preventivo, com pedido de liminar, contra a possível proibição. 

O juiz João Batista Barbosa acolheu o pedido de liminar e em seu despacho, entendeu que na ausência de previsão legal “no sentido de proibir a comercialização de bebida alcoólica no dia de eleições” liberou à venda na Paraíba. Decisão isenta os associados à Abrasel da proibição.

Portal Correio

RC promove ações em CG e JP; Cássio vai ao Vale do Mamanguape e Sertão da PB

Candidatos Ricardo e Cássio
Os candidatos ao Governo da Paraíba Cássio Cunha Lima (PSDB), da coligação ‘A Vontade do Povo’; e Ricardo Coutinho (PSB), da coligação ‘A Força do Trabalho’, cumprem série de compromissos de campanha nesta sexta-feira (24).

Ricardo Coutinho fará caminhada, às 10h40, no bairro das Malvinas, em Campina Grande, com concentração na Rua Piramidal. Às 14h40, retorna a João Pessoa para uma carreata nos bairros Funcionários I, onde se iniciará, ao lado da Praça Lauro Wanderley; seguindo por Jardim Planalto, Bairro dos Novais e Cruz das Armas. Durante a noite, às 18h40, seguirá com carreata nos bairros de Jaguaribe, concentrando-se na Praça dos Motoristas; partindo na direção de Rangel e Cristo.

Cássio Cunha Lima fará, a partir das 9h, uma carreata pelo Vale do Mamanguape, com concentração no município de Rio Tinto, nas imediações da Igreja Matriz. O candidato passará pelas cidades de Mamanguape, Itapororoca, Araçagi, Guarabira, Cuitegi, Alagoinha, Mulungu e Gurinhém. À noite, irá ao Sertão, onde fará carreata em Patos, concentrando-se no Alto da Tobiba (saída para Teixeira).

Portal Correio

Evangelho do dia 24/10/2014 (Lc 12,54-59)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 54Jesus dizia às multidões: “Quando vedes uma nuvem vinda do ocidente, logo dizeis que vem chuva. E assim acontece. 55Quando sentis soprar o vento do sul, logo dizeis que vai fazer calor. E assim acontece.56Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? 57Por que não julgais por vós mesmos o que é justo?
58Quando, pois, tu vais com o teu adversário apresentar-te diante do magistrado, procura resolver o caso com ele enquanto estais a caminho. Senão ele te levará ao juiz, o juiz te entregará ao guarda, e o guarda te jogará na cadeia. 59Eu te digo: daí tu não sairás enquanto não pagares o último centavo”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.
Canção Nova

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Dilma tem 54%, e Aécio, 46% dos votos válidos, diz pesquisa Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (23) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:
- Dilma Rousseff (PT): 54%
- Aécio Neves (PSDB): 46%

Ibope - 23.10 (Foto: Arte/G1)
Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo".
No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 15, Aécio tinha 51% e Dilma, 49%.
Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

- Dilma Rousseff (PT): 49%
- Aécio Neves (PSDB): 41%
- Branco/nulo: 7%
- Não sabe/não respondeu: 3%

Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios entre os dias 20 e 22 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01168/2014.
Rejeição
O Ibope perguntou, independentemente da intenção de voto, em qual candidato o eleitor não votaria de jeito nenhum. Veja os números:
Aécio - 42%
Dilma - 36%

Expectativa de vitória
O Ibope também perguntou aos entrevistados quem eles acham que será o próximo presidente da República, independentemente da intenção de voto. Para 51%, Dilma sairá vitoriosa; 38% acreditam que Aécio ganhará; 10% não sabem ou não responderam.

Aprovados no concurso da Polícia Militar são chamados para avaliação de saúde

Polícia Militar
Os 1.774 candidatos aprovados na segunda etapa do concurso da Polícia Militar e dos Bombeiros estão sendo convocados para a realização dos exames de saúde do concurso público para soldado da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. A avaliação será feita entre os dias 3 e 14 de novembro e os candidatos devem conferir o dia e local de apresentação, divulgados no site www.pm.pb.gov.br, desde a quarta-feira (23).

Esta é a terceira etapa do certame, que tem caráter eliminatório, onde concorrem todos os aprovados no exame psicotécnico, etapa anterior realizada no mês de setembro.

Os candidatos foram divididos em grupos para a realização dos exames de saúde, que acontecerá de 3 a 7 no Centro de Educação da PM, em João Pessoa, de 10 a 12 no 2º Batalhão, em Campina Grande, e nos dias 13 e 14, no 3º Batalhão, na cidade de Patos, de acordo com a opção de vaga feita por cada candidato.

A coordenadora adjunta de Comunicação da Polícia Militar, capitã Carla Marques, informa que a terceira etapa tem o objetivo de avaliar o estado geral de saúde do candidato, tanto físico, quanto mental. “A avaliação é feita para apontar se o candidato possui condições indispensáveis ao desempenho da atividade policial militar, que exige critérios de saúde específicos dos profissionais que vão trabalhar para promover a segurança pública dos cidadãos paraibanos”, destacou.

Os candidatos devem observar atentamente a data de apresentação e levar, no horário e local estabelecidos na convocação, todos os 14 exames laboratoriais exigidos no concurso. No dia da entrega, os convocados irão se submeter também a exames médicos, odontológicos e biométricos – este último avaliando altura, que é de no mínimo 1,65 m para o masculino e 1,60 m para o feminino. Os detalhes sobre as exigências desta etapa podem ser conferidos no item 9 do edital do concurso, disponível também no site da Polícia Militar, na parte de concursos públicos. O certame terá ainda duas fases, a física e a avaliação social.

Portal Correio

SELEÇÃO BRASILEIRA: Dunga poupa jogadores do futebol brasileiro, e lista tem várias novidades

dunga seleção brasileira convocação (Foto: Marcelo Moreira/Futura Press/Agência Estado)
O técnico Dunga divulgou nesta quinta, na sede da CBF, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, a última lista da seleção brasileira em 2014. Os goleiros Neto e Diego Alves, a volta do zagueiro Thiago Silva, os meio-campistas Casemiro e Roberto Firmino, e os atacantes Lucas, Luiz Adriano e Douglas Costa são as principais novidades do grupo que vai jogar os amistosos contra Turquia, no dia 12 de novembro, em Istambul, e a Áustria, no dia 18, em Viena. 
O treinador poupou os jogadores dos clubes brasileiros que estarão envolvidos na reta final do Brasileirão e da Copa do Brasil. Dunga reconheceu que, nesse momento de decisão dos principais dos torneios nacionais, seria importante não desfalcar os clubes brasileiros. 
Desde que retornou à seleção brasileira, Dunga já disputou quatro partidas. A equipe venceu todas e não sofreu nenhum gol: Colômbia (1 a 0), Equador (1 a 0), Argentina (2 a 0) e Japão (4 a 0). A expectativa agora é pelo duelo com os dois representantes do continente europeu. Após os amistosos de novembro, o time canarinho volta a campo apenas em março de 2015.

Confira a lista de convocados por Dunga:

POSIÇÃO
JOGADOR
CLUBE
Goleiro
Diego Alves
Valencia (ESP)
Goleiro
Neto
Fiorentina (ITA)
Goleiro
Rafael Cabral
Napoli (ITA)
Lateral
Alex Sandro
Porto (POR)
Lateral
Danilo
Porto (POR)
Lateral
Filipe Luis
Atlético de Madrid (ESP)
Lateral
Mário Fernandes
CSKA Moscou (RUS)
Zagueiro
David Luiz
PSG (FRA)
Zagueiro
Marquinhos
PSG (FRA)
Zagueiro
Miranda
Atlético de Madrid (ESP)
Zagueiro
Thiago Silva
Paris Saint-Germain (FRA)
Volante
Casemiro
Porto (POR)
Volante
Fernandinho
Manchester City (ING)
Volante
Luiz Gustavo
Wolfsburg (ALE)
Volante
Rômulo
Spartak Moscou (RUS)
Meia
Oscar
Chelsea (ING)
Meia
Philippe Coutinho
Liverpool (ING)
Meia
Roberto Firmino
Hoffenheim (ALE)
Meia
Willian
Chelsea (ING)
Atacante
Douglas Costa
Shakhtar Donetsk (UCR)
Atacante
Lucas
Paris Saint-Germain (FRA)
Atacante
Luiz Adriano
Shakhtar Donetsk (UCR)
Atacante
Neymar
Barcelona (ESP)