GIRO DE NOTICIAS

CIDADES

Featured Post (Slider)

POLITICA

Java

Test Footer 2

ENTRETENIMENTO

Movie Category 3


Movie Category 5


Publicidade


Sub menu section

Publicidade


Seguidores

ALAGOA GRANDE

POLITICA

GALERIA DE FOTOS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Prefeito atende pedido do Vereador Deda Ribeiro e disponibiliza transporte para os estudantes universitários de Cuité

Vereador Deda, autor da propositura
O prefeito de Alagoa Grande, Dr. Antônio Sobrinho, atendeu uma propositura assinada pelo vereador Deda Ribeiro, atual vice presidente do Legislativo local, sobre a disponibilização de um veículo para transportar os alunos da UFCG, Campus Cuité.
Segundo o vereador Deda Ribeiro, "foi uma vitória para os estudantes, o benefício vai possibilitar mais comodidade no deslocamento dos alunos para a universidade", comemorou.
Após atender a propositura, o Prefeito Sobrinho autorizou que a Secretária de Educação, Mônica Cavalcante, execute e disponibilize o veículo para a condução dos universitários de Alagoa Grande para a cidade universitária.

Rodolpho Carlos é preso por atropelar e matar agente da Lei Seca em João Pessoa

Portal Correio
Rodolpho Carlos foi preso cerca de 90 dias depois do caso
O juiz Marcos William determinou a prisão de Rodolpho Carlos Gonçalves da Silva acusado de atropelar e matar o agente de trânsito Diogo Nascimento durante uma blitz da lei seca no bairro do Bessa. A determinação ocorreu na tarde desta segunda-feira (24).

O acusado foi preso no prédio onde mora, em Manaíra, área nobre de João Pessoa. Os advogados dele negaram a informação, mas ela foi confirmada ao Portal Correio não só pelo juiz, como também pelo delegado superintendente da Polícia Civil, Marcos Paulo Vilela.

De acordo com o delegado, ele foi preso no mesmo local onde foi apreendido o Porsche, carro usado no crime. O delegado informou que Rodolpho Carlos foi levado para a carceragem da Central de Polícia Civil, no Geisel, onde vai aguardar a audiência de custódia que deverá ocorrer nesta terça-feira (25). Se a prisão for mantida, ele poderá seguir para algum presídio de João Pessoa.

Segundo o juiz Marcos William, titular do 1º Tribunal do Júri da Capital, o processo foi analisado por ele, que decidiu pela prisão e encaminhou o processo ao cartório. “Já designei audiência e está caminhando o processo. Determinamos pela prisão de Rodolpho Carlos”, afirmou o juiz.

O caso

Diogo Nascimento foi atropelado na madrugada do dia 21 de janeiro quando trabalhava em uma operação da Lei Seca no Bessa, em João Pessoa. O acusado de atropelá-lo, Rodolpho Carlos, desobedeceu a ordem de parada e avançou um Porsche sobre o agente. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, mas morreu no dia seguinte.

A Justiça pediu que Rodolpho fosse preso, mas o desembargador Joás de Brito concedeu habeas corpus na madrugada do domingo (22), antes mesmo do suspeito ser detido. O carro dele foi apreendido. Durante a semana que se sucedeu ao atropelamento, a Polícia Civil e o Ministério Público da Paraíba formularam novo pedido de prisão de Rodolpho e o caso ficou pendente até esta segunda-feira (24), quando foi tomada a decisão do juiz Marcos William.

Novo pedido de vistas adia julgamento de Ricardo; placar é 3x1 contra cassação

Hermes de Luna/Portal Correio
Ricardo Coutinho
Um novo pedido de vistas adiou, pela segunda vez, o julgamento da ação que pede a cassação do governador Ricardo Coutinho (PSB) por abuso de poder político e econômico nas eleições 2014. O julgamento ocorreu nesta segunda-feira (24), no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), e as vistas foram solicitadas pelo juiz Emiliano Zapata. Porém, o placar é 3x1 contra a cassação do governador Ricardo Coutinho (PSB).

A sessão começou com voto da juíza Michelline Jatobá, que votou pela improcedência do processo contra o governador e da vice-governadora, Lígia Feliciano.

O juiz Breno Wanderley também votou pela improcedência da Aije, estabelecendo o placar de 3x1 contra a cassação. Porém, o julgamento foi novamente adiado após o juiz Emiliano Zapata pedir vistas do processo, que deve voltar à pauta do TRE-PB na semana que vem.

julgamento da Aije contra Ricardo Coutinho começou no dia 17 deste mês e estava com placar em 1x1 quando a juíza Michellini Jatobá solicitou vistas.
 
Copyright © 2014 BLOG DO RILDOSeguro Desenvolvido Por Netinho Soluções Web.